quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Como não desistir dos seus objectivos – dicas de motivação

Quantas vezes não começamos uma dieta, ou a fazer exercício e desistimos passado pouco tempo? E quantas vezes nem nos damos ao trabalho de começar, porque pensamos à partida que os nossos sonhos são impossíveis ou difíceis de concretizar?

Estou aqui para contrariar essa ideia: acredito que com motivação conseguimos perseverar na luta pelos nossos objectivos. E como muitas vezes o problema é mesmo a falta dela, deixo aqui 30 dicas de motivação para não desistir dos seus objectivos:

««»»

1 – Defina o seu objectivo – Escolha um objectivo, registe-o por escrito e direccione a sua energia para a sua concretização.

Não se perca a querer concretizar uma imensidão de objectivos de grande dimensão, ao mesmo tempo (já dizia o Tal Ben-Shahar e o meu professor de Gestão, Santana Castilho, que isto dá insucesso na certa). Escolha um objectivo geral (ou 2, no máximo) e concentre-se nele.

2 - Elabore um plano para o concretizar e divida-o em pequenos objectivos – Planificar a forma de alcançar o seu objectivo, é meio caminho andado para o sucesso e para acreditar que é capaz de chegar lá.

Redija um plano que inclua o seu objectivo geral (conforme descrito no ponto 1), divida-o em objectivos menores e respectivas tarefas para os alcançar. Inclua datas para a concretização dos objectivos menores. A conclusão do plano deverá coincidir com o alcançar do seu objectivo específico.

Vou exemplificar:
Objectivo geral – perder 6 Kg; Data prevista – 1 ano;

Objectivos específicos – perder 500 g em Janeiro; Data prevista – 31 de Janeiro;
- perder 500 g em Fevereiro; Data prevista – 29 de Fevereiro;
Etc.

Tarefas – Fazer ementa semanal que inclua uma dieta mais saudável;
- Comer x vezes por dia;
- Fazer exercício físico x vezes por semana;
- etc.

Por fim, não se esqueça de avaliar o seu plano. Se algo não está a correr bem, a avaliação dá-lhe indicação de que é necessário reajustar algo para o concretizar.

3 – Registe os seus progressos e celebre-os – O bom de dividir o seu objectivo maior em pequenos objectivos, é que mais facilmente os alcança. E cada sucesso, é um estímulo para continuar.

Assim, registe os seus progressos por escrito. Ao longo do tempo, vá olhando para o que já conseguiu e comemore cada conquista.
E se alguma vez obtiver um resultado pior, olhe sempre para o que já alcançou no passado. Se já fez uma proeza, é sinal de que é capaz de repeti-lo. Com o tempo vai ver que esta é uma óptima ferramenta motivacional.

4 – Seja optimista – Acredite que é capaz de concretizar o seu objectivo (principalmente se outros já o fizeram antes de si). Em cada situação, pergunte-se a si mesmo, como esta pode ser vista de uma perspectiva positiva.

5 – Rodeie-se de influências positivas - Como o positivismo e o negativismo é contagioso, rodeie-se de pessoas que encaram a vida com optimismo, que o estimulem e que acreditam nas suas capacidades.

Por oposição, dizerem-lhe constantemente que está a cometer erros, é um passo certo para o desânimo. E se não poder afastar-se destas pessoas, procure influências positivas noutros lugares (em livros, por exemplo).

6 – Responsabilize-se pela concretização dos seus objectivos – Pare de culpar os outros pelos seus fracassos. É uma perda de tempo e não melhora a situação.

Concentre-se antes nas suas capacidades e assuma-se como principal responsável pela realização dos seus objectivos.

7 – Opte por começar ao fim-de-semana – Isto porque tem mais tempo disponível. Mas não adie, comece já no próximo com a definição do seu objectivo (esta parte deve ser fácil) e com a elaboração do seu plano.

8 – Comece devagar, não ambicione o seu objectivo demasiado rápido – Sei por experiência própria, que de início estamos com a energia ao máximo e cheios de vontade de começar. Então queremos fazer muita coisa de uma só vez.

Mas acalme-se, porque nos próximos dias o entusiasmo deverá diminuir e, provavelmente já não conseguirá fazer o que conseguiu no primeiro dia (o que leva muito boa gente a desmotivar-se e a desistir por completo).

Assim, comece com pequenos passos, aqueles que pensa que conseguirá dar, mesmo que hajam dias de desânimo. Se tiver pequenos objectivos, mas que sejam concretizáveis, é mais fácil continuar.

9 – Seja disciplinado, trabalhe no seu objectivo todos os dias – Se formos disciplinados, e realizarmos todos os dias uma tarefa (por menor que seja), é mais difícil desistir.

A verdade é que os primeiros tempos são os mais difíceis, mas após cerca de 21 dias (dizem os especialistas), as tarefas acabam por tornar-se num hábito da nossa rotina diária. E é mais difícil desistir de um hábito do que de algo que fazemos ocasionalmente.

10 – Concentre-se no que a realização do seu objectivo, poderá trazer de positivo – Em vez de pensar em como é difícil ou cansativo alcançar o seu objectivo, pense no que ele trará de bom. Poderá ser a melhoria de uma relação, o aumento da sua auto-estima, ter mais tempo para a sua família, tornar-se numa pessoa mais saudável… Seja o que for, concentre-se no lado positivo.

11 – Mantenha a alegria da antecipação – Sabe aquela alegria de antecipação antes de ir de férias, ou antes da chegada do Natal (sim, eu ainda sinto isso)? Deve criar esse sentimento em relação ao alcance do seu objectivo, pois irá motivá-lo a querer alcançá-lo. Foque-se no que foi dito no ponto anterior, procure inspiração em quem já conseguiu chegar lá, feche os olhos e imagine-se a alcançar o seu objectivo, sinta essa alegria.

12 – Transforme o trabalho pelo seu objectivo, num prazer – Ficará mais motivado se transformar o percurso até ao seu objectivo em algo divertido, que lhe dê prazer.

Para quem tem por objectivo melhorar a sua situação financeira, pode ser uma chatice ter de registar as receitas e despesas diariamente (eu que o diga). Mas há medida que se vai avançando tente encarar estas tarefas como uma espécie de jogo em que tenta poupar mais, descobrir novas dicas de poupança e formas de aumentar os seus rendimentos. De cada vez que tiver poupado ou juntado mais, vai sentir o seu prazer a aumentar.

E quem fala na situação financeira, fala nos restantes objectivos. Pode sempre procurar ideias que o transformem actividades chatas em algo prazeroso.

13 – Aproveite todas as inspirações – Traga consigo um bloco de notas onde poderá apontar as ideias que lhe podem surgir inesperadamente. Posteriormente, enquadre estas ideias no seu plano.

14 – Procure informação credível sobre o assunto – Procure diariamente ler sobre o assunto (em livros, revistas, Internet), ver programas de TV, etc. No entanto, não se esqueça de se certificar de que essa informação é credível (sou inflexível nisso, gosto sempre de informação com base científica e/ou estatística). Analise o percurso de outras pessoas que conseguiram alcançar o seu objectivo.

15 – Crie um blog sobre o assunto – Acredite que o trabalho que vai ter na construção do blog, os comentários dos seus leitores e a discussão de ideias irão motivá-lo a continuar (eu que o diga).

16 – Inspire-se em citações de grandes pensadores – Se repararem, no meu blog, todas as Segundas-feiras coloco um pensamento inspirador. A verdade é que repetir mentalmente essas frases inspiradoras e positivas, nos ajudam a focar no percurso para o nosso objectivo e a ter fé de que também somos capazes.

17 – Leia biografias inspiradoras Aprender com quem já conseguiu chegar lá, é uma óptima forma de acreditarmos que é possível. Podemos sempre tirar lições de como lidaram com as adversidades e seguir os seus exemplos de persistência.

18 – Tenha fotografias inspiradoras perto de si – Se tiver uma foto ou várias que lhe recordem constantemente o seu objectivo, é mais fácil ficar entusiasmado por o alcançar. Conheço uma senhora que queria transformar a sua casa numa casa de sonho. Então criou um álbum com fotos de detalhes da sua casa ideal. Aos poucos foi mudando o que pretendia e os resultados estão a superar as suas expectativas.

Coloque a imagem num local visível, para não se esquecer dela: no ambiente de trabalho do computador, na sua agenda, na sua secretária, num álbum próprio para o efeito…

19 - Pratique visualização – Sente-se num lugar sossegado, feche os olhos e, se preferir ao som de música (a mim ajuda-me), imagine-se a atingir o seu objectivo. Mas imagine, com todos os detalhes possíveis (incluindo sensações, cheiros, sons, cores, etc.).

Diversos estudos comprovam que atletas de alta competição que aplicam esta técnica, obtém melhores resultados do que os colegas que não o fazem.

20 – Procure o apoio da família e dos amigos – Comunique a quem lhe é próximo o objectivo que pretende atingir. Não adianta, por exemplo, querer deixar de beber e depois ter os amigos sempre a chatear para beber mais um copo (isto se forem verdadeiros amigos). O objectivo é que quem realmente se importa consigo, o apoie no seu plano e o encoraje a continuar.

Para além disso, o facto de se comprometer perante outras pessoas, faz com que não queira ficar mal visto.

21 – Apoie-se num parceiro com o mesmo objectivo – Pessoas com objectivos semelhantes, podem apoiar-se mutuamente e mais dificilmente desistem. Se não conhecer ninguém que esteja a fazê-lo, pode sempre convidar alguém que lhe é próximo (o cônjuge, por exemplo) ou pode seguir alguém da blogosfera.

22 – Procure um grupo de apoio – Imagine que quer deixar de fumar, ou que passou por um grande problema na vida e quer superá-lo. Procure ajuda em grupos de apoio específicos, ou registe-se em fóruns na Internet. É o espaço ideal para esclarecer as suas dúvidas, enfrentar as suas dificuldades e relatar os seus progressos (esta é a melhor parte!).

23 – Procure formação sobre o assunto – Frequente formações, cursos, seminários ou palestras sobre o assunto. É uma óptima forma de ficar entusiasmado (se os oradores forem bons, claro está), de aprender constantemente e de aplicar novas ideias.

24 - Procure ajuda de um especialista – Se o que quer é melhorar a sua auto-estima, um terapeuta poderá indicar-lhe abordagens que lhe possam ter passado despercebidas e ajudá-lo a ver além das dificuldades. Se precisa de controlar urgentemente as suas finanças, um consultor financeiro poderá indicar-lhe estratégias para lidar com o assunto, e, sobretudo, vai «forçá-lo» a agir para melhorar.

O importante é que o ajudem a criar competências para resolução dos seus actuais e novos desafios e que o façam acreditar que é possível!

25 – Seja paciente – Certamente não vai conseguir alcançar o seu objectivo de um dia para o outro, tem de pensar nele a longo prazo. Só mesmo sendo paciente é que o conseguirá concretizar.

Recorda-se do ponto 2? Exemplifiquei como objectivo perder 6Kg num ano. Talvez até consiga mais, mas seria irrealista querer perder este peso num mês (ok, excepto se for um concorrente do Peso Pesado).

26 – Não desista – A motivação não é algo que seja constante, umas vezes estamos super-entusiasmados, mas noutras chegamos a desanimar. Nessas alturas, recorde-se que como ela vai, também volta. A falta de entusiasmo é algo até previsível, mas que passa.

27 – Prepare-se previamente, face a obstáculos previsíveis – Para superar um obstáculo, o melhor é à partida contar com eles. No seu plano liste todos os obstáculos passíveis de ocorrer. Pesquise sobre o assunto e previna-se desde logo com possíveis soluções.

28 – Aprenda a lidar com os momentos de desânimo – Na origem do desânimo pode estar uma recaída, ou o facto de não conseguir alcançar um objectivo menor na data prevista. Nestes casos reajuste o seu plano, delineie novos prazos ou tarefas, peça apoio aos que lhe são próximos, peça conselhos a alguém especializado. Aprenda com o fracasso e prossiga em frente.

Se se sentir desanimado só porque não tem motivação para continuar, invista em ler, pesquisar ou falar sobre o assunto. Quanto mais envolvido se sentir, mais depressa superará as dificuldades.

Por outro lado, experimentar uma estratégia de «distracção» também poderá funcionar consigo, ou seja, faça uma actividade que o anime (veja um filme, encontre-se com os seus amigos – desde que sejam optimistas, claro está -, visite uma igreja, ouça a sua música favorita, assista a vídeos engraçados na Internet, etc.).

29 – Substitua pensamentos negativos, por positivos – Após tomar consciência dos seus pensamentos, deve tentar substituir os negativos por pensamentos correspondentes, mas positivos. Por exemplo quando estiver a pensar “Nunca vou conseguir emagrecer. A quem estou a tentar enganar?”, que tal substituir por “Se a pessoa X conseguiu fazê-lo, eu também consigo.” ou “Tenho de seguir os conselhos do meu nutricionista. Se consegui emagrecer um grama que fosse no passado, é porque é possível, basta não desistir".

30 – Inspire outras pessoas – O facto de ajudar os outros com a sua própria experiência, poderá dar-lhe o entusiasmo necessário para continuar. Sentir-se-á grato por reconhecer o que conseguiu até agora, e verá a sua motivação aumentada por se sentir útil ao ajudar alguém.

Foto: Google images - Autor não identificado

18 comentários:

  1. Muito bom este post!
    Eu segui e lutei (e continuo sempre a lutar) pelo meus sonho e como já viste, está a realizar-se.
    Fiz algumas das coisas que escreveste, outras ainda não fiz, mas acho que o primeiro passo para concretizarmos os nossos sonhos, é colocá-los em prática (como por exemplo o meu caso, que escrevi e enviei o livro para váriaseditoras. Ele nunca iria ser publicado se ficasse numa gaveta).
    :)

    ResponderEliminar
  2. Olá Mafalda!!

    Que post ótimo!
    Adorei, acho que falta objetivos à humanidade, parece que andam todos perdidos, sem horizonte, por isso perdem tanto tempo com a vida do vizinho, rsrsrsrs.
    Por cá, lutamos todos os dias pelos nossos ideais, alguns concretizamos, outros mostram-se quase impossíveis, mas não desistimos :)

    Beijinho grande.

    ResponderEliminar
  3. Está aí uma coisa muito importante: manter a motivação!

    Eu muitas vezes desoriento-me e perco a motivação e claro que me perco dos meus objectivos mas encontrei aqui umas belas dicas para isso não acontecer.

    Belo post. Muito bom e completo.
    Gostei muito.

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Nossa Mafalda!!! Que poster organizado e cheio de atitudes MARAVILHOSAS
    (30 PRECIOSIDADES)!!!ADOREI!!!
    Vamos transformar nossos sonhos em realidade!! Vamboraaaa...

    Beijinhos Iluminados!!
    Paz e Luz!!

    ResponderEliminar
  5. Ora aí está uma coisa de que preciso :)

    ResponderEliminar
  6. Também gostei muito deste post. Faz-me pensar e sonhar. Bj grande

    ResponderEliminar
  7. Mafalda, são 30 inspirações!!! Preciso mesmo de uma recarga de energia e focar nas minhas metas!!! Agora estou determinada a chegar à final do prêmio TOP BLOG!!! Motivação não me falta! Pensamento positivo também! Vamos que vamos!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    PS:amanhã no ProjetandoPessoas postarei a entrevista de uma amiga de infância muito querida que nos contará sua história com Nonoca, sua filha especial. Não deixe de visitar, um exemplo de garra e projeção de pessoa!

    ResponderEliminar
  8. Vou sem dúvida ficar com essas dicas. Revi-me logo no primeiro parágrafo, quando falavas em desistência a meio de um objectivo.
    Obrigada,
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Olá amiga Mafalda. Trinta passos fundamentais para se alcançar suas metas e objetivos. Beijos.

    ResponderEliminar
  10. Olá Mafalda, excelentes dicas! Nos tempos que correm são muito importantes para nos materem no rumo certo!
    Bom fim-de-semana!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. desobri o seu blog numa visita a outros blogs e estou a gostar muito. Estou a seguir o blog, Yolanda cantinhodaheidi.blogspot.com, Açores

    ResponderEliminar
  12. Essa potagem vai me ajudar muito,meu sonho é ser médico e as vezes fico me perguntando se realmente vou conseguir alcançar meus objetivos...uma coisa que aprendi é que "tudo passa",hoje posso esta se restringindo aos meus estudos e deixando de lado a minha vida pessoal,mas um dia isso tudo vai passar.
    Marcelo Douglas
    imail:marcelo_douglas@hotmail.com.br

    ResponderEliminar
  13. Gostei muito deste tópico mas eu tenho outro tipo de problema mas vou usar as tuas dicas para o meu objectivos no blog que eu vou criar posso contar o que estou a passar e depois contar o que já alcancei?

    ResponderEliminar
  14. Como lutar sendo timida e tendo medo d tudo e sem amigos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sugiro-te duas leituras do Dale Carnegie: "Como Evitar Preocupações e Começar a Viver" e "Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas". São clássicos, mas continuam muito úteis e actuais. Boa sorte!

      Eliminar

Related Posts with Thumbnails