terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Ler biografias inspiradoras

Quantas vezes observamos alguém e nos admiramos com o seu carisma, talento, auto-confiança, optimismo, sucesso alcançado na vida, altruísmo, etc.?

Ler a biografia destas pessoas pode ser inspirador e motivar-nos a tentar alcançar os objectivos que conduzem à nossa realização pessoal. Podemos aprender com os seus exemplos de persistência e tirar lições da forma como estes lidaram com adversidades.

Uma das pessoas que me inspira é a Oprah Winfrey. Já repararam como ela tinha todas as desculpas, para que a sua vida fosse um fracasso? Nasceu numa família pobre, filha de pais separados, negra numa América racista, vítima de violência doméstica, abusada sexualmente por familiares, com problemas de peso... Deprimida e após de anos de abuso, Oprah fugiu de casa iniciando-se no mundo das drogas e levando uma vida promíscua. Acabou por ser mãe aos 14 anos, tendo o filho morrido após o nascimento. Quem imaginaria que com um passado destes, ela teria um futuro tão promissor?

««»»

Eis as lições que podem ser retiradas da biografia de Oprah Winfrey:

- Não ficar a remoer no passado – Deve-se sim fazer as escolhas que nos parecem mais acertadas no presente e com isso, mudar o futuro.
- Ler muito - A educação ajuda a alterar os nossos pensamentos e crenças, bem como a motivar-nos a criar mudanças pessoais. Como refere a própria Oprah “Foi a educação que me libertou. A capacidade de ler salvou a minha vida. (…) Sabia que havia outra vida porque a tinha lido”.
- Para desenvolver um talento, há que praticar – O talento de Oprah para a comunicação começou desde bem pequena, quando discursava textos bíblicos na igreja. Desde aí desenvolveu várias actividades ligadas à comunicação, melhorando as suas competências nesta área.
- Inspirar-se em pessoas que alcançaram os seus sonhos – Aos 16 anos leu a biografia da poetisa Maya Angelou, igualmente vítima de abuso sexual. A forma como superou o trauma, foi um exemplo que inspirou Oprah.
- Responsabilizar-se pelo seu sucesso pessoal – Isto implica pôr de lado a crença de que dependemos exclusivamente de factores externos, para alcançarmos os nossos objectivos.
- Dizer não quando é necessário, e sem sentimento de culpa – Na altura de fazer escolhas, a apresentadora tenta pensar no que é melhor para o seu propósito de vida. E isso significa que por vezes tem de dizer não.
- O objectivo no qual nos devemos focar, deve ser o nosso propósito de vida (o objectivo principal não deve ser o dinheiro) – Para sermos felizes o dinheiro deve chegar como resultado do nosso propósito de vida. O dinheiro pode ser um caminho para a felicidade (objectivo secundário), mas nunca a própria felicidade (objectivo principal).
- Rodear-se de boas pessoas e afastar-se de pessoas traiçoeiras – O positivismo ou negativismo dos que nos rodeiam, contagia o nosso estado de espírito e influencia a nossa motivação (ou falta dela) para lutarmos pelos nossos sonhos.
- Não se pode agradar a toda a gente – Por isso é importante viver em função do nosso propósito de vida. Se não fizermos as nossas próprias escolhas, alguém o fará por nós.
- Ser solidário - Para além de várias participações em campanhas de solidariedade, Oprah abriu uma escola em África do Sul para meninas que vivem em pobreza extrema. O facto de fazermos alguém feliz, aumentará a nossa própria felicidade.
- Nunca desistir de fazer tudo para ser feliz – Se a própria sorte pode ditar o sucesso no alcançar de sonhos, quanto mais persistente formos, mais hipóteses teremos de encontrar circunstâncias que podem mudar a nossa vida.

««»»

Este foi só um exemplo de como a biografia de alguém nos pode ensinar lições de vida. Tantas outras pessoas, mais ou menos conhecidas, poderão ser uma fonte de inspiração para nós. O que é importante reter, é o quanto estas leituras podem ser encorajadoras.

Se alguém conseguiu dar volta por cima, nós também podemos conseguir!

Foto: Google images – Autor não identificado

22 comentários:

  1. Obrigada Mafalda, amei seu poster!!
    Eu admirava Oprah Winfrey, e agora mais que nunca!!!

    P.S: Não sabia da história de vida dela!!!

    Muita LUZ!!!

    ResponderEliminar
  2. Venho retribuir a sua visita .O seu cantinho é muito interessante,voltarei com mais tempo.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Oi, Mafalda, vim te conhecer também e acabei ficando sua seguidora também. Novas ideias, textos inteligentes, muita sensibilidade. O post sobre a Oprah está excelente, bem completo.
    Fiquei feliz, pois vc é de Portugal e meu pai, era de Barcouço, (Freguesia de Mealhada), a 10km de Coimbra. Vc conhece? Ainda tenho primos e tios lá e em 2008 estive em Barcouço para conhecê-los. Amo seu país. Tudo de bom é Portugal. Em 2008 foi a terceira vez que fui aí.
    Achei muitas coisas em comum entre os nossos blogs. Antes eu colocava dicas mas depois desisti pq me davam muito trabalho.
    Parabéns pelo seu trabalho! Beijo com carinho,
    Lena

    ResponderEliminar
  4. Nunca pensei que a Oprah tivesse um passado tão difícil (principalmente a parte dos abusos sexuais e de ter tido um filho). Realmente é um exemplo de perserverança a seguir!
    Vou estar mais atento às biografias.

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Parabéns Mafalda pelo blog, está demais!
    Maravilhoso exemplo de vida.
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. devemos também utilizar estas lições.

    beijos.

    ResponderEliminar
  7. ADOREI SABER A HISTÓRIA DE VIDA DESSA CRIATURA QUE TINHA TUDO PARA DESISTIR ,MAS FOI EM FRENTE E VENCEU!
    OBRIGADO POR ISSO!
    BEIJO

    ResponderEliminar
  8. Gracinda Tavares Dias18 de janeiro de 2011 às 21:45

    Gostei deste exemplo de vida.
    Ultimamente tenho lido pouco, mas já li muito na minha vida!
    Que a Felicidade seja o seu caminho e também o dos outros.

    ResponderEliminar
  9. Querida Lena, não conheço Barcouço, só Coimbra. E também já passei por Mealhada. Quando vieres cá novamente não deixes de conhecer Sintra (é uma das minhas zonas favoritas do meu país - cheia de palácios e uma floresta luxuriante) e a minha cidade (um dia digo-te qual, mas em privado).

    Fico impressionada com a quantidade de blogueiras do Brasil, que têm a sua ascendência em Portugal. Somos mesmo um país irmão!

    Também adorava conhecer o teu país e, se Deus quiser lá irei um dia (tenho amigas que vão aí todos os anos)! Tem paisagens fantásticas! Mas o melhor de tudo são as pessoas. Os brasileiros que conheço por cá são pessoas verdadeiramente animadas! Super alto-astral!

    Beijinhos

    P.S. Também adorei o teu blog!

    ResponderEliminar
  10. Eu tambem gosto muito da Oprah e acho que tem uma trajectória de vida extraordinária e é um exemplo a seguir de como pudemos dar sempre a volta por cima.

    Bjos

    ResponderEliminar
  11. Olá querida

    Obrigada, volte sempre.

    Gostei de ler seu blog, concordo a Oprah Winfrey é um belo exemplo.

    Com carinho BJS.

    ResponderEliminar
  12. Mafalda,

    Já conheci a região de Sintra que é mesmo inesquecível, com seus palácios, ruas interessantes, docerias com pastéis de Belém fresquinhos e a floresta esplêndida.

    Moro em Brasília,a Capital. Quando você vier ao Brasil, inclua Brasília no seu plano de viagem par que eu possa te levar aos lugares interessantes daqui.

    Nós brasileiros também gostamos muito de nossos irmãos portugueses. Vejo pela internet muitos blogueiros portugueses, geralmente com foco dirigido à literatura.

    Bjkas,

    Lena

    ResponderEliminar
  13. Também acho encorajador ler biografias de pessoas que souberam dar a volta por cima. A Oprah é um exemplo a seguir.

    Beijos

    ResponderEliminar
  14. Incrével como existem pessoas capazes de dar a volta por cima e serem vencedoras...este texto está 5 estrelas...adorei..Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Concordo,,,o texto está 5 estrelas....Força Mafalda...

    ResponderEliminar
  16. Não sabia que a senhora tinha passado por tanto! É realmente um exemplo!

    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  17. Minha linda,
    seus post sempre nos colocando a pensar e nos ajundando, seu blog é de alta ajuda.rsrsrsrsrs
    Menina aqui no Brasil tem muita Leticia,nome lindo e tenho duas subrinhas chamadas Leticias.
    bj
    Gosto muito de ti, mesmo sem nos conhcermos pessoalmente.

    ResponderEliminar
  18. Adorei o post, eu gosto muito de biografias, cada estória de vida nos ensina algo não é?
    bjs

    ResponderEliminar
  19. Olá linda, concordo em pleno com este texto e com as dicas da Oprah, que é uma das personalidades que admiro!
    Beijinhos,
    Sofia

    ResponderEliminar
  20. Que legal, nós chamamos de cardápio, menu geralmente é em restaurante ;)

    ResponderEliminar
  21. Também gosto muito da Oprah! E os role models sempre foram muito importantes para mim, sobretudo durante a adolescência - permitiram manter-me no bom caminho e lutar pelos meus objectivos...

    ResponderEliminar
  22. A Oprah é qualquer coisa de extraordinário...

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails